logo
Whatsapp Chat
Envie uma mensagem que lhe retornarei tão logo seja possível.
Menu Fechar
pt Portuguese

Por que é importante que você queime seu manuscrito após escrever

"Queime depois de escrever" significa sentir-se mais leve depois de escrever?

Compartilhar:

queime depois de escrever

Queime depois de escrever é remédio contra cópia?

Quando você terminar de escrever, certifique-se de queimar seu trabalho. Os antigos gregos acreditavam que queimar seu trabalho depois de completá-lo impediria que alguém roubasse suas ideias. Embora essa prática não seja mais considerada necessária, ainda há algo a ser dito para queimar seu trabalho depois de terminar.

Ao queimar seu trabalho, você está simbolicamente destruindo todo o esforço que colocou nele. Essa pode ser uma maneira útil de deixar de lado suas frustrações e passar para novos projetos. Apenas certifique-se de ter um plano claro de como você vai descartar as cinzas, para não iniciar um incêndio acidentalmente.

Pontos relevantes sobre queimar seu manuscrito depois de escrever

Então, depois de terminar de escrever seu manuscrito, você pode optar por queimá-lo em um ato de destruição simbólica. No entanto, há vários pontos a considerar antes de dar este passo.

Que tal perguntar a si mesmo por que você sente a necessidade de destruir seu trabalho. É porque você está descontente com isso? Você tem medo do que os outros vão pensar disso? Ou você simplesmente tem medo do processo de publicação?

Se suas razões são principalmente negativas – você acha que o trabalho é ruim, está preocupado com o que os outros vão pensar ou tem medo do processo de publicação -, pode valer a pena considerar a revisão ou edição antes de queimar o manuscrito.

No entanto, se seus motivos forem positivos – você está feliz com o trabalho – é hora de fazer uma declaração sobre como se sente em relação a isso.

Então, alguns pontos relevantes sobre queimar seu manuscrito depois de escrever são:

  1. Você não quer que ninguém leia o que você escreveu;
  2. Você não quer que ninguém veja o que você escreveu;
  3. Você quer apagar todas as evidências do que você escreveu;
  4. Você acha que o que você escreveu é ruim;
  5. Você quer seguir em frente e escrever outra vez.

Por que é é importante que você queime seu manuscrito após escrever

Então ao queimar seu manuscrito, você está destruindo simbolicamente seu trabalho, que é uma representação de seu esforço criativo.

Isso pode ser útil para superar quaisquer bloqueios criativos que você possa estar enfrentando.

Além disso, queimar seu manuscrito pode ajudá-lo a se distanciar de seu trabalho e permitir que você o aborde com novos olhos.

Ou ainda, queimar seu manuscrito pode ser um ato simbólico de liberar seu trabalho para o mundo.

De outro ângulo, queimar seu manuscrito pode ser um ato de resistência.

Para alguns escritores, o próprio ato de escrever é um ato de resistência.

O ato de colocar palavras no papel (ou tela) é um ato de desafio em um mundo que prefere que permaneçamos em silêncio.

Para alguns, a queima de um manuscrito é um ato final de resistência, uma forma de dizer “não” a um mundo que não quer que falemos. É uma maneira de recuperar o poder e a voz.

Queime depois de escrever: um lema?

“Queime depois de escrever” significa sentir-se mais leve depois de escrever.

Isso ocorre porque escrever pode ser uma experiência muito catártica e pode ajudar a liberar quaisquer emoções negativas que você possa estar sentindo.

Leveza rima com se sentir livre aqui, de modo que pode ajudar você a se concentrar nos aspectos positivos de sua vida.

Lembre-se de que quando se senta para escrever, tudo que produzir são inicialmente rascunhos que, certamente, não são perfeitos.

Isso significa que você pode se dar ao luxo de cometer erros, correr riscos e experimentar.

Também precisa se lembrar que o mais importante é continuar escrevendo, mesmo que o que produza não seja bom.

No entanto, saiba que quanto mais se escreve, melhor fica. E, eventualmente, produzirá algo que valha a pena ler.

Resumindo…

Se escrever pode ser é um ato de resistência, então pode ser uma tentativa de recuperar a linguagem e de recusar o discurso dominante. É um ato de desafio, uma afirmação de que não seremos silenciados.

Escreveremos nossas próprias histórias, contaremos nossas próprias verdades. O ato de escrever é uma ferramenta poderosa. Pode ser usado para oprimir ou libertar. Pode ser usado para controlar ou para capacitar.

O poder da palavra escrita não pode ser subestimado. Quando escrevemos de nossa própria perspectiva, de nosso próprio ponto de vista, estamos afirmando nosso poder. Estamos nos recusando a ser silenciados. Estamos contando nossa própria história, com nossa própria voz. Estamos reivindicando nosso lugar de direito no mundo.

Portanto, ao queimarmos o manuscrito depois de escrevê-lo, nos sentimos livres por termos resistido com a palavra escrita mesmo que ela se vá com as cinzas. Porque também não somos donos de nada neste mundo, incluindo a linguagem que é um meio enquanto manifestamos o que temos para falar ou escrever.

Sinta-se livre e queime depois de escrever se assim o desejar. Exercite a liberdade da criação. Desapegue e entenda o poder da palavra criada para um fim em si mesmo. E não se arrependa de criar realidades apenas para se sentir bem e produtivo. Dados podem ser mais voláteis do que você imagina!

Cover for Letrascri
304
Letrascri

Letrascri

Publicações e conteúdos digitais para diferentes suportes. Negócios digitais para o seu negócio

Comments Box SVG iconsUsed for the like, share, comment, and reaction icons
13 hours ago
Letrascri

Como melhorar suas habilidades de produção de texto ... See MoreSee Less

Comment on Facebook

Carregar mais

Fique Conectado

Conteúdo sempre atualizado