logo
Whatsapp Chat
Envie uma mensagem que lhe retornarei tão logo seja possível.
Menu Fechar
pt Portuguese

Os pilares da criação do empreendedor

Criação envolve muitas coisas, mas a principal é a criatividade. Isso porque mantemos conosco uma parte da criança que existe em nós, a da imaginação, do brincar, do descobrir e do surpreender-se.

Compartilhar:

pilares da criação

Criatividade: carro-chefe entre os pilares da criação

Criação envolve muitas coisas, mas a principal é a criatividade. Isso porque mantemos conosco uma parte da criança que existe em nós, a da imaginação, do brincar, do descobrir e do surpreender-se.

Nós passamos a maior parte das nossas vidas executando e repetindo o que já conhecemos, o que já fizemos, o que já vendemos e o que já demos. Estamos sempre repetido as frases habituais que nos dizem, ou fazendo o que nos é pedido ou acreditando nas histórias que nos contam.

Mas não é preciso ser assim. Podemos sempre criar algo novo, um novo produto, uma nova ideia, um novo serviço. Basta começar por deixar de lado a zona de conforto e o medo da falha. Deixar de lado as opiniões e os comentários dos outros sobre o que é possível ou não.

A criatividade é o combustível que nos move para criar algo novo, para inovar, para nos reinventarmos e para fazermos diferente. É a capacidade de ver as coisas de outra forma, de encontrar soluções para problemas que a maioria  das pessoas nem sequer nota.

É por isso que todos os grandes empreendedores são criativos. São eles que transformam ideias em produtos, em negócios, em soluções. São eles que fazem a diferença.

Por isso, se quiser ser um empreendedor de sucesso, comece a ser criativo. Liberte a sua imaginação, brinque, descubra e surpreenda-se.

O quão importante é criatividade para a empresa?

A definição de criatividade é compartilhar conhecimento e ideias para fazer algo novo.

Aqueles que são criativos são mais propensos a ter mais sucesso nos negócios porque não apenas apresentam grandes ideias, mas também têm confiança para trazê-las à realidade.

Muitas pessoas temem o fracasso e nunca tentarão nada de novo.

Outros têm medo da mudança e vão manter a mesma maneira de fazer as coisas em vez de tentar algo novo.

Outros ainda têm medo do desconhecido e não querem investir ou contratar alguém que não conhecem.

As pessoas que não são criativas são mais adequadas para trabalhar em um campo que já é bem-sucedido porque não estão dispostas a investir ou mudá-lo.

Ser criativo é saber resolver problemas. Pense em [dt_tooltip title=”Albert Einstein”] (1879-1955) foi um físico e matemático alemão. Entrou para o rol dos maiores gênios da humanidade ao desenvolver a Teoria da Relatividade.[/dt_tooltip]. Se isso não tivesse dado certo, ele seria apenas mais um cientista que fez uma descoberta revolucionária.

Há diversos fatores envolvidos na criação de um empreendedor bem-sucedido. Segundo a revista Harvard Business Review, os fundamentos ou os pilares da criação de um empreendedor são:

  • Ousadia – Ter coragem de tentar algo novo, mesmo que isso signifique correr riscos.
  • Empreendedorismo – Ter a capacidade de criar e administrar um negócio.
  • Inovação – Ser capaz de produzir ideias originais e de valor.
  • Liderança – Inspirar e motivar as pessoas a alcançar objetivos comuns.
  • Visão – Ter a capacidade de enxergar o futuro e planejar ações para alcançar objetivos.

Todos estes fatores são essenciais para o sucesso de um empreendedor.

Mesmo que você não seja capaz de dominar todos eles, é importante focar em pelo menos um deles para se destacar da concorrência.

Como a criatividade ajuda as empresas “crescerem”?

Uma distinção importante a fazer sobre criatividade: há uma enorme diferença entre ser criativo e ser criativo nos negócios.

Qualquer um pode ser criativo; você recebe isso de sua mãe e de seu pai. É simplesmente uma questão de ser diferente e muitas pessoas comuns têm um pensamento original em um momento ou outro.

Mas ser criativo nos negócios também requer uma inclinação comercial, um grau de perspicácia nos negócios que pode não acompanhar um lampejo de inspiração.

Então para ser criativo nos negócios:

  • Aprenda a pensar fora da caixa;
  • Aprenda a criar soluções originais para problemas tradicionais;
  • Aprenda a agir como um empreendedor e não como um funcionário;
  • Aprenda a usar a sua criatividade para aumentar os seus ganhos;
  • Crie um blog e escreva novas ideias;
  • Reflita sobre o seu negócio;
  • Pesquise inovações de mercado;
  • Confie em você mesmo;
  • Tenha fé e tenha um objetivo;
  • Crie uma estratégia;
  • Seja organizado e produtivo.
  • E seja bem-sucedido!

Você já deve ter visto muitos artigos falando sobre como as ideias podem mudar o mundo e a última palavra é sim, no entanto sabemos que o dinheiro é um dos fatores mais importantes para o sucesso de qualquer empresa. E uma das armas mais poderosas para fazer dinheiro é através da criatividade e apresentar ideias novas que irão mudar o mercado.

Onde se inspirar na hora de criar novas ideias?

Felizmente, o mundo é tão grande e o universo é tão vasto que sempre tem algo que inspira as novas ideias.

Nós não vemos nada da mesma maneira que todos veem.

Existem pessoas que enxergam cada problema como uma oportunidade para a criação de algo funcional.

Nós começamos a vida como uma oportunidade para a criação de algo. É por isso que nós olhamos para as pessoas mais experientes. Eles são os nossos mentores.

A inspiração para novas ideias vem principalmente de estar ciente das necessidades, problemas e oportunidades emergentes.

Se você já conhece esses fluxos, eles podem ser usados ​​para desenvolver ideias.

Apesar de começar com um problema específico, encontrar uma necessidade ou uma oportunidade é apenas o método de desenvolver novas ideias.

Com base no que aprendemos ao fazer a análise, nos colocamos em posição de antecipar o desenvolvimento de novos mercados e novas oportunidades.

Este é finalmente um assunto muito pessoal. Ninguém pode fazer isso por você. Se você tiver essa atitude, logo perceberá que o próximo avanço pode não estar longe.

Como você faz a escolha das ideias para aproveitar bem?

A escolha das ideias para aproveitar bem é comum para qualquer negócio, mas é mais difícil para as pequenas e médias empresas porque tem que remover algumas “entraves”, com os seguintes conceitos em mente. Ela tem que ser uma ideia que:

– É vantajosa para o cliente;

– É barata para o cliente;

– É barata para a empresa;

– Você pode agregar valor inicial com poucos recursos;

– Você pode escalar rapidamente.

Encontrar essas ideias é apenas o começo. A próxima etapa é construir um plano de ação para tirar proveito disso.

Qual a importância do plano de ação

Um plano de ação é aquele documento que você pode criar e fazer adaptações até mesmo no seu computador para controlar todas as ações que você realiza diariamente.

O objetivo hoje em dia é trabalhar o mais rápido possível, mesmo quando for considerando os detalhes com relação aos processos que você inicializa, por isso, tudo que você precisa para começar a fazer algo é criar um plano de ação.

Mas cuidado: plano de ação não é o mesmo que projeto.

O projeto de negócios não é o mesmo que o plano de ação porque o projeto de um negócio é o método de criar um business plan, que vai descrever quais os resultados que você pode esperar e o caminho que você precisa seguir para atingir esses resultados.

O plano de ação consiste das etapas que você precisará tomar para fazer o projeto de negócio acontecer.

Pensando nas variáveis do seu negócio

Algumas das principais variáveis de um negócio contemplam:

– Transporte: todo tipo de transporte: caminhões, automóveis, trem ou avião;

– Materiais: todos os tipos de conteúdo: revista, vídeo, produto;

– Acesso: distribuição, vendas, entrega;

– Distribuição: fabricação, disponibilidade e parceiros;

– Custo: preço ao consumidor, margem de lucro, prejuízo, ajuda e revisão de preço.

– Impostos , custos , riscos (políticas , regulação, mercado , novos competidores);

– Colaboradores, fornecedores , tipo de operação.

É importante dizer que no momento em que você escolhe uma ideia de negócio, você deve se preparar para criação de um plano de ação, pois o negócio de sucesso vem com planejamento.

Estude o negócio que você escolheu no passado, hoje, e futuro, e como mostrar, as ações e um planejamento.

O estudo do mercado também é importante. Se a escolha do negócio é a melhor para você, conhecer as pessoas certas para te ajudar a crescer, mesmo na crise, deve estar entre as prioridades.

Faça dessa ideia um grande negócio

É preciso uma coisa para iniciar esse processo: certeza de que sua ideia é boa, porque você não vai usar o seu tempo para construir um plano de ação depois de escolher as ideias de um negócio se você não acreditar que seu negócio pode tornar-se grande.

Então, a primeira coisa que você deve fazer é escolher a ideia de um negócio que tem um mercado enorme. Sempre é melhor você escolher uma ideia de negócio que tem um mercado enorme e que tem poucos competidores. Se você seguir estas orientações, você estará na direção certa.

Conclusão

Em conclusão, neste artigo fiz um esforço para trazer à luz os pilares da criação do empreendedor, colocando alguns pontos importantes na construção de sonhos frente à sorte de desafios inúmeros para se alcançar sucesso no empreendimento.

Devemos sempre ter em mente que o valor de qualquer ideia está principalmente no quão dedicado você pode ser para colocá-la em prática.

Ninguém alcança o sucesso sem sonhar e sem agir, sem sonhar acordado e sem abraçar o desconhecido. Portanto, sejam quais forem seus planos para este novo ano, torne-os seus, faça-os valer a pena e comece agora mesmo! Sucesso!

 

 

Fique Conectado

Conteúdo sempre atualizado