logo
Whatsapp Chat
Envie uma mensagem que lhe retornarei tão logo seja possível.
Menu Fechar
pt Portuguese

Campo de Estudo

O que é campo de estudo
O campo de estudo é a área de conhecimento que você estuda em sua escola ou universidade. Ele pode ser dividido em diferentes disciplinas, como matemática, português, história ou ciências. Cada campo de estudo tem seus próprios objetivos, métodos e conteúdos.
Campo de estudo X Estudo de campo
Vale ter em mente a diferença entre campo de estudo e estudo de campo: O primeiro é a área de conhecimento em estudo. Por exemplo, se você estiver estudando sociologia, o campo de estudo é a sociologia. O estudo de campo seria neste exemplo o método de pesquisa utilizado pelos sociólogos para estudar o comportamento humano em seu ambiente natural.
O que colocar no campo de estudo
Documentar um campo de estudo pode ser uma tarefa assustadora, mas é essencial para acompanhar o progresso e para referência futura. Ao documentar um campo de estudo, certifique-se de incluir todas as informações relevantes, como o nome do campo, sua finalidade e quaisquer descobertas importantes. Certifique-se de manter a documentação organizada e facilmente acessível para que possa ser consultada conforme necessário.
Campo de estudo da Sociologia
A sociologia é o estudo das relações sociais, das interações entre os indivíduos e das estruturas sociais. Ela investiga como a sociedade se organiza e como os indivíduos se relacionam uns com os outros. A sociologia também estuda os processos de mudança social, como as pessoas se adaptam às mudanças nas suas vidas e nas sociedades em que vivem.
Campo de estudo da Antropologia
A antropologia é o estudo do ser humano, em toda a sua diversidade. É uma ciência que tem como objetivo compreender o homem, tanto na sua dimensão biológica quanto na sua dimensão social, cultural e histórica. A antropologia, portanto, é uma ciência que abrange diversas áreas do conhecimento, como a biologia, a sociologia, a psicologia, a história e a linguística.
Campo de estudo da Genética
A genética é o campo da biologia que estuda as características hereditárias dos seres vivos. A genética estuda a transmissão de características hereditárias, a variação das características hereditárias e o funcionamento dos genes. A genética também estuda as relações entre os genes e o ambiente, que podem influenciar a expressão das características hereditárias.
Campo de estudo da Administração
A administração é o campo de estudo que se dedica à análise e à organização das estruturas de uma empresa. O objetivo é aumentar a eficiência e a produtividade, bem como o lucro da organização. A administração é dividida em quatro áreas principais: administração financeira, administração de marketing, administração de produção e administração de recursos humanos.
Campo de estudo da Geografia
A geografia é o estudo do espaço e das relações sociais, culturais, políticas e econômicas que se desenvolvem nele. A geografia é dividida em várias áreas de estudo, como a geografia física, a geografia humana, a geografia regional e a geografia urbana.
Campo de estudo da História
A história é o campo de estudo que se dedica ao registro e à análise dos fatos sociais, políticos, econômicos e culturais. A história é importante para compreendermos o presente e termos uma perspectiva do futuro. A história também nos ajuda a compreender as relações entre os povos e as nações.
Campo de estudo da Matemática
A matemática é o estudo de quantidades, medidas, espaços e estruturas. É utilizada para analisar e resolver problemas. "Matemática" (palavra) origina-se no grego "μάθημα" (máthēma), que significa "conhecimento, estudo, aprendizagem". A matemática é dividida em duas grandes áreas: a pureza e a aplicação. A primeira se preocupa com a forma e a estrutura, enquanto a segunda usa a matemática para resolver problemas práticos.
Campo de estudo da Literatura
A literatura é o campo de estudo que se dedica às obras escritas de um determinado país, região ou período. A literatura, portanto, pode ser dividida em várias áreas de acordo com as características das obras analisadas. A seguir, apresentamos as principais áreas da literatura:
1. Literatura Clássica: com obras escritas entre as décadas de 1770 e 1830, por exemplo. São clássicas as obras que têm uma estrutura linear, com personagens centrais e acontecimentos cronológicos.
2. Literatura Romântica: com obras escritas entre as duas primeiras décadas do século XIX e até meados da década de 1830. As características das obras românticas são: busca pela originalidade, a existência de um protagonista idealizado e o lugar de onde se origina o romance (espaço em que se situa a ação).
3. Literatura Realista: com obras escritas entre as duas primeiras décadas do século XX e até meados da década de 1920. São obras que retratam a vida real, com caráter documental, utilizando personagens comuns e acontecimentos verídicos.
4. Literatura Modernista: com obras escritas entre as duas primeiras décadas do século XX até meados da década de 1940. As características dessas obras são: busca pela novidade, fragmentação do tempo e espaço, uso intensivo de estruturas musicais e experimentação linguística.
5. Literatura Pós-modernista: com obras escritas entre as duas primeiras décadas do século XXI e at é os dias de hoje. As características das obras pós-modernistas são: busca pelo humor, experimentação linguística, literatura como espetáculo e questionamento do valor da obra literária.
6. Literatura Infantil e Juvenil: com obras escritas para públicos considerados menos adultos (crianças e adolescentes).
Campo de estudo: da teoria à prática
O estudo da teoria é importante, mas também é importante colocar essa teoria em prática. É por isso que o estudo de ambos é essencial para se tornar um aluno de sucesso. Ao estudar a teoria, aprendemos os conceitos e princípios que fundamentam nosso assunto. Mas se também não colocarmos essa teoria em prática, nunca entenderemos realmente como aplicar esses conceitos e princípios no mundo real. Por isso é importante encontrar formas de integrar teoria e prática em nossos estudos. Uma maneira de fazer isso é encontrar aplicações práticas para os conceitos teóricos que aprendemos. Outra maneira é buscar ativamente oportunidades para colocar nossas habilidades em prática. Ao fazer isso, podemos ter certeza de que estamos sempre aprendendo e crescendo como alunos, e que estamos avançando em todas as áreas que determinam o sucesso de um estudante.