logo
Whatsapp Chat
Envie uma mensagem que lhe retornarei tão logo seja possível.
Menu Fechar
pt Portuguese

O movimento literário e artístico conhecido como Arcadismo

O Arcadismo, também conhecido como Arcadianismo, foi um movimento literário e artístico brasileiro que se inspirou no ideal clássico da Arcádia.

Compartilhar:

arcadismo

O Arcadismo, também conhecido como Arcadianismo, foi um movimento literário e artístico brasileiro que se inspirou no ideal clássico da Arcádia. O nome do movimento é derivado da região grega de Arcádia, que era uma região rural e montanhosa conhecida por sua simplicidade e estilo de vida rústico. O poeta grego Teócrito foi um dos primeiros a escrever sobre Arcádia e seu modo de vida idílico, e seu trabalho serviu de grande inspiração para o movimento do Arcadismo.

Arcadismo no Brasil

O Arcadismo foi introduzido pela primeira vez no Brasil no século XVIII pelo escritor e poeta português Manuel Maria Barbosa du Bocage. Du Bocage foi muito influenciado por Teócrito e outros escritores gregos, e procurou criar uma versão brasileira da Arcádia. Ele acreditava que o Brasil era o lugar perfeito para realizar essa visão, pois era uma terra que ainda estava praticamente intocada pela modernização.

Há escritores brasileiros notáveis do Arcadismo como José de Alencar, Gonçalves Dias, Tomás Antônio Gonzaga e Manuel Antônio de Almeida. Esses escritores buscaram criar uma literatura brasileira que revelasse o que o Brasil tinha de melhor: seu clima e natureza exuberantes e exóticas. Eles também buscaram inspiração em povos indígenas e culturas africanas, admirando a beleza exuberante dessas raças e culturas.

Particularmente, os escritores do Arcadismo buscavam criar uma linguagem literária que se parecesse com a linguagem usada na Grécia antiga. Eles utilizavam uma gramática clássica, pronúncia clássica e estilos de poemas clássicos. Alguns dos poemas mais conhecidos do Arcadismo são “O Bacante” (José de Alencar), “O Fauno” (Gonçalves Dias) e “O Pastoral” (Manuel Antônio de Almeida).

As obras literárias clássicas brasileiras do século XIX têm como tema a sensibilidade romântica e a paisagem nacional. São chamados de Arcadismo clássicos (ou Arcadianos) os poetas e escritores que produziam obras com este estilo no Brasil.

Já entre os poetas portugueses se destacam Luís de Camões e António Ferreira de Vasconcelos, além de outros poetas europeus como Alexander Pope e John Dryden, Giambattista Basile, entre outros. O arcadismo europeu é caracterizado pelo uso de formas literárias clássicas, como a ode e a epopeia ao mesmo tempo em que se celebra a razão e alegria da vida moderna.

Vale dizer que o Arcadismo caracterizava-se pelo uso de temas idílicos e pastorais, além de uma linguagem mais simples e objetiva. Seus seguidores defendiam a volta às virtudes da vida rural e dos ideais de simplicidade e harmonia. O movimento teve um grande impacto na literatura, embora seus ideais artísticos remontem à Renascença.

Este período viu a ascensão de uma nova classe média, que estava ansiosa para abraçar os valores culturais das elites do país. Os escritores e artistas arcadistas procuravam promover um retorno à vida simples e pastoral do campo, que viam como um modo de vida mais saudável e virtuoso.

Esta visão idílica, sobretudo em Portugal, foi muitas vezes expressa nas obras através através do uso de imagens e temas bucólicos. Embora os Arcadistas não tenham cumprido completamente a sua missão de reorientar os valores culturais do país, o seu trabalho deixou uma marca duradoura na literatura e na arte portuguesas.

Convém ainda dizer que os Arcadianos acreditavam que os humanos se tornaram muito civilizados e que isso levou à corrupção e à decadência. Assim, eles buscaram promover um modo de vida mais simples, virtuoso e em harmonia com a natureza.

Como já citado, o movimento recebeu o nome da região idílica de Arcádia, na Grécia, que era vista como um símbolo desse modo de vida idealizado. Embora o movimento tenha durado pouco, teve um impacto significativo na literatura e nas artes, e sua influência ainda pode ser vista em algumas obras modernas.

Conclusão

Em conclusão, o movimento arcadiano foi um movimento literário e artístico que surgiu em resposta à decadência percebida do período barroco. Os Arcadianos buscaram retornar a uma forma de arte e literatura mais simples, mais pura, mais próxima da natureza e mais sintonizada com a alma humana. Embora o movimento tenha desaparecido, seu impacto ainda pode ser visto em muitas obras de arte e literatura dos séculos XVIII e XIX.

Cover for Letrascri
304
Letrascri

Letrascri

Publicações e conteúdos digitais para diferentes suportes. Negócios digitais para o seu negócio

Comments Box SVG iconsUsed for the like, share, comment, and reaction icons
18 hours ago
Letrascri

Como melhorar suas habilidades de produção de texto ... See MoreSee Less

Comment on Facebook

Carregar mais

Fique Conectado

Conteúdo sempre atualizado